Previsões para Escorpião 2023-24

Dicas para Escorpião:

– não resista às mudanças, pois elas são necessárias e inevitáveis – renovar-se não é um problema para você e o período de doze meses até outubro de 2024 exigirá uma total transformação

– esteja aberto (a) a mudar de residência, bairro, cidade ou país; se decidir permanecer no mesmo local, faça uma imensa reforma onde mora

– viaje muito, aplique o seu dinheiro em viagens e estudos!

– faça novas amizades e tenha uma vida social mais rica e interessante

– cuide da saúde, sem exageros

– com tantas energias de mudança, as relações amorosas podem ser questionadas; fique atento (a) se quiser manter a pessoa amada ao seu lado; se romper, terá um outro relacionamento em seguida com chances de construção de família.

– nunca deixe de lado as práticas espirituais

– parcerias profissionais e intelectuais podem ser estimulantes e prósperas, mas cuidado com as sociedades (pessoas jurídicas)

– equilibre-se entre as demandas profissionais e as exigências familiares, entre os deveres do dia a dia e a necessidade de crescer internamente

Todo esse período de doze meses é de grande amadurecimento e surpresas com você mesmo (a)! Escorpiões recebem várias influências por trânsito.

Usei três técnicas diferentes, mas a mais conhecida são os Trânsitos. Os escorpiões nascidos nos dez primeiros dias do signo estarão mais vulneráveis a Plutão (quadratura) e Saturno (trígono). Aqueles que nasceram nos dez últimos dias do signo recebem energia de Netuno (trígono). Os nascidos entre 3 e 22 de novembro reagem a Júpiter e Urano (oposição).

Receberá trígono de Marte entre 5 de setembro e 4 de novembro de 2024. Depois, de 7 de janeiro a 18 de abril de 2025 (usei a efeméride e posso errar por um dia, mas será muito tempo de Marte em Câncer).

Ou seja, Escorpião está (ou estará) recebendo aspectos de Júpiter, Urano, Netuno, Plutão, Saturno e Marte. Pode-se dizer que devem se preparar para um período intenso e transformador. O trígono de Saturno poderá ser benéfico, consolidando as novas construções em qualquer área da vida.

A quadratura de Plutão é desafiadora, embora possa fazer aflorar possibilidades jamais consideradas antes. Júpiter e Urano já atuam e trazem novas perspectivas nos relacionamentos e nas finanças. Netuno acalma e faz lembrar que a essência do signo é espiritual. As influências de Marte poderão empurrar para “mais longe” e poderá também, encontrar o seu “lugar no mundo”.

Ascendente e Lua em Aquário no momento do ingresso do Sol em Escorpião. Plutão, regente de Escorpião, entrando no signo de Aquário. Lua Nova em Escorpião com o Ascendente em Sagitário.

Novos relacionamentos e maior participação no mundo ao seu redor. Novas metas de futuro, desejo de ir mais longe. Encolha-se de vez em quando para recarregar energias, mas, não se esconda do mundo.

Um período de doze meses de surpresas, muito movimento, coisas acontecendo de repente, sem que fosse o esperado. Intensidade e novidade, e abertura para o mundo. Novos papéis, novas funções, novos interesses, novos amanhãs.

Talvez não dê para guardar muito dinheiro. Talvez o dinheiro seja empregado em viagens, estudos e na construção de uma casa no lugar que você escolher. Não tem problema. Saturno por trígono dará uma “segurada” para que evite dívidas altas demais ou que possa quebrá-lo (a) daqui a pouco.

O convite de 2023-2024-2025 é para viver de maneira verdadeira e profunda (de novo a palavra intensa) o que for preciso viver. Pode ser que os gastos se refiram ao novo papel de pai ou mãe de modo inesperado. A vida está se transformando, se renovando. Celebre o movimento da vida!

“A tristeza prepara você para a alegria. Varre violentamente tudo para fora da sua casa, para que a nova alegria encontre espaço para entrar. Ela sacode as folhas amarelas do seu coração, para que folhas verdes e frescas possam crescer em seu lugar. Ele arranca as raízes podres, para que as novas raízes escondidas embaixo tenham espaço para crescer. Qualquer que seja a tristeza que abale o seu coração, coisas muito melhores tomarão o seu lugar.” – Rumi