Mercúrio retrógrado Sagitário-Capricórnio 2023

Mercúrio entrará em Sagitário em 10 de novembro, 3h25 e quando entrar em Sagitário, o Ascendente, Vênus e Lua estarão em Libra. Em 1 de dezembro, 11h38, Mercúrio entrará em Capricórnio, estando o Ascendente em Peixes e Saturno, planeta regente de Capricórnio no Ascendente.

O movimento retrógrado se dará entre 13 de dezembro (Mercúrio a 8 graus 29 de Capricórnio) e 2 de janeiro de 2024, quando estará a 22 graus 10 de Sagitário. *em movimento retrógrado, Mercúrio volta a 29 graus 59 de Sagitário no dia 23 de dezembro.

E em janeiro, em movimento direto, Mercúrio ficará em Capricórnio num ciclo completo desde 13 de janeiro (23h47) até 5 de fevereiro, quando ingressará em Aquário às 2h09. Quando Mercúrio entra em Capricórnio em 13 de janeiro, faz conjunção com Marte exaltado em Capricórnio e recebe trígono de Júpiter em Touro. Ou seja, não falta vontade de fazer acontecer.

Ao longo de 2024, teremos Mercúrio R em Áries e depois, Mercúrio R em Leão-Virgem e ainda, antes do final do ano, Mercúrio R em Sagitário: entre 26 de novembro e 15 de dezembro de 2024, retrocedendo aos 22 graus 40 e retomando o movimento direto aos 6 graus de Sagitário. Fogo x terra, identidade x carreira, vontade x limites, sonhos x realidade. Mercúrio R é mais forte e em Sagitário, se anima e se inflama, já que Sagitário é um signo do elemento fogo e exige mais foco de Mercúrio nas questões que “realmente importam”.

O que realmente importa para Sagitário não é o que “funciona” ou o que “explica”. O que importa para Sagitário é “no que ele acredita” e ele acredita em si mesmo e na conexão com uma Vontade Maior da qual ele sabe que é parte.

O que Mercúrio R em Sagitário faz é rever os ideais. Será que estão fora da realidade? Se isso se confirmar, alguns deles rolarão por terra quando Mercúrio entrar de novo em Capricórnio. Mercúrio em Sagitário é particularmente importante em 2024 porque Júpiter estará em Gêmeos (eu me refiro ao ciclo do final de 2024, entre 26 novembro e 15 dezembro).

Oremos para que essa “dobradinha” traga favorecimento para as questões judiciais, sobretudo, no sentido de liberar o judiciário para que as ações possam ser julgadas com menos atrasos. E, quem sabe, que possa existir a valorização do conhecimento, tanto o teórico e superior (Sagitário) como o prático e técnico (Gêmeos). Mercúrio em Sagitário, direto ou retrógrado, nos faz repensar nossas crenças e se estamos seguindo um caminho espiritual austero demais. Ou se realmente pertencemos àquele grupo ou nos sentiremos melhor em outro centro e igreja.

Concretamente, pode motivar a concursos, cursos, provas, estudos de idiomas e viagens curtas ou longas, desde que se aprenda algo na viagem ao invés de ser apenas diversão. Na virada de 2023 para 2024, com Júpiter ainda em Touro, podemos averiguar se nossas crenças nos atrapalham nas conquistas financeiras. E alguns poderão se animar e usar o décimo-terceiro para comprar o sítio ou a casa de campo.

Para quem enfrenta questões judiciais, hora de avaliar se o advogado é competente e propor acordos, já que quando Mercúrio entra em Sagitário, no dia 10 de novembro, Ascendente, Lua e Vênus se encontram em Libra. Mercúrio em Capricórnio vai aplicar na prática os ideais que Mercúrio em Sagitário (criteriosamente) estabeleceu que são ideais que devem ser mantidos.

E Mercúrio retrógrado ou direto em Capricórnio pode estabelecer novos critérios e jogar um balde d’água em alguns ideais de Mercúrio em Sagitário. Porque vai tentar colocá-los em prática e se não conseguir, não vai perder muito tempo. Aqueles que têm Nodo Norte em Sagitário ou Nodo Norte em Gêmeos, serão muito afetados pelas energias de 2024, já que teremos um jogo entre Júpiter e Mercúrio.

Mercúrio em Sagitário se aprofunda tanto que é capaz de estudar sânscrito para ler textos sagrados hindus. Júpiter em Gêmeos expande a divulgação das ideias, os encontros, eventos, valoriza a possibilidade de as pessoas trocarem ideias respeitando os diferentes modos de pensar. Mercúrio em Capricórnio avalia tempo, investimento, organiza e estrutura a mente. Reserva um espaço para as questões do dia a dia. Viajar para a Índia? Talvez sim, com um planejamento de médio prazo, pois pela distância, já as passagens não são baratas. Contratar um guia ou seguir com um grupo que já conhece o país. Mas, primeiro, Capricórnio salda dívidas e faz o curso que traz resultados melhores para o trabalho do dia a dia.

Mercúrio pode trazer questões com irmãos (positivas ou negativas) e em Capricórnio pode indicar conjugação com os irmãos para ajudar os pais de mais idade. OU pode favorecer negócios feitos em família (empresas familiares). MAS, Mercúrio em Sagitário não favorece. Mercúrio em Sagitário não é muito fácil para os relacionamentos familiares, sobretudo, com os irmãos. É preciso que se respeitem, mas as diferenças de temperamento e personalidade podem aflorar facilmente.

Júpiter em Gêmeos vai organizar uma superfesta no final de 2024? Sim! E o Mercúrio em Capricórnio do início do ano vai começar a economizar, pedindo a contribuição de todas as pessoas envolvidas no projeto geminiano!

O ano de 2024 terá muita energia de Júpiter. Não uso a estrela da Suméria que trará a regência de Saturno. Júpiter formará aspecto com Plutão (no elemento ar), com Urano (no elemento terra) e com Saturno (no elemento água). Seu ingresso em Gêmeos acontecerá “ao mesmo tempo” que Sol, Mercúrio, Vênus e Marte.

Significativamente o ano vai acelerar a partir da conjunção Júpiter-Urano em Touro em abril e oremos para que tal influência represente desenvolvimento material para todos, pois Touro, embora lento, traz prosperidade. Na Numerologia, teremos a vibração 8 e no Tarot, a carta da Justiça. Mas, isso é tema para outra postagem! *texto sem revisão ortográfica, sem edição.